México e Brasil intensificam relação bilateral

Brazil_Mexico_Locator

Publicado originalmente em 30/11/17

De acordo com a Secretaria de Relações Exteriores (SER) mexicana, no dia 24 de novembro, o chanceler Luis Videgaray Caso visitou a República Federativa do Brasil, onde se encontrou com o presidente Michel Temer e com o chanceler Aloysio Nunes, além de representantes de empresas mexicanas que possuem investimentos no Brasil.

Durante seu encontro com o mandatário brasileiro, Videgaray expressou o profundo apreço que o México tem pelo Brasil e gratidão pela ajuda humanitária enviada, após os terremotos ocorridos em setembro (2017).

Continuar lendo

Anúncios

Conversa Afiada – Paulo Nogueira: o FMI não muda! (Banco dos BRICS III)

 

Nesse terceiro capítulo da entrevista à TV Afiada, o economista Paulo Nogueira Batista Jr. analisa o FMI. Durante oito anos, ele foi diretor executivo do FMI, como representante do Brasil e de oito outros países. Depois de mostrar que foi o presidente do Banco Central do Brasil, Ilan Goldfajn, quem exigiu a cabeça dele no NBD, o Banco dos BRICS, e, no segundo capítulo, o que a China quer, esse ultimo capitulo da imperdível entrevista é sobre a inflexibilidade do FMI, como demonstrou na crise da Grécia. Assista aos dois primeiros blocos da entrevista na TV Afiada: conversaafiada.com.br/tv-afiada

Industrialização na África e ações brasileiras de fomento

Dia-ind-africana

Publicado originalmente em 21/11/17

Anualmente, 20 de novembro foi estabelecido como data para celebrar o dia da Industrialização da África, com a finalidade de conscientizar países e demais atores locais e internacionais sobre a necessidade de fomentar o comércio e a indústria no continente. Para este ano (2017), a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), em parceria com a União Africana e com a Comissão Econômica das Nações Unidas para a África, promoveu simpósio sobre o tema.

Com o título “African Industrial Development: A Pre-Condition for an Effective and Sustainable Continental Free Trade Area (CFTA)”, o evento reuniu líderes africanos e representantes de organizações internacionais, com o propósito de fazê-los refletir sobre mecanismos sustentáveis para enfrentar os desafios industriais do continente. Ressalta-se que, embora tenha contingente populacional significativo, a África representa apenas 2% na cadeia de comércio internacional em manufaturas.

Continuar lendo

Brasil no Haiti – um país mais seguro e estável

A Missão da ONU no Haiti – conhecida pela sigla MINUSTAH – foi estabelecida em abril de 2004 para garantir um ambiente seguro e estável ao país caribenho. Inicialmente, a missão foi autorizada a mobilizar até 6,7 mil militares, com seu braço militar sempre sob o comando do Brasil.

No total, 37.500 militares brasileiros — sendo 213 mulheres — atuaram no Haiti. No âmbito da Marinha, ao longo dos 13 anos da missão, foi enviado um total de 6.135 militares, divididos por 26 contingentes. Confira os detalhes nesse vídeo especial realizado pelo Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) e pela Marinha do Brasil: https://nacoesunidas.org/?p=132770

O setor algodoeiro como novo instrumento de soft power na Cooperação Sul-Sul Brasileira

cotton-2807360_960_720

Publicado originalmente em 09/11/17

Após a expansão nacional e o alcance internacional de suas boas práticas, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano ganhou notoriedade na comunidade internacional com o recebimento do Prêmio Sasakawa – concedido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) – em 2001, em decorrência do impacto do programa na redução da mortalidade infantil. Além disso, as políticas de combate à fome, segurança alimentar e nutricional e proteção social ganharam enorme visibilidade, principalmente com países Africanos, rendendo inúmeras trocas de experiências com diferentes níveis de profundidade, desde a visita de missões, organização de seminários, compartilhamento de experiências, até a formalização de acordos de cooperação.

Tanto os projetos relacionados aos Bancos de Leite Humano, quanto aqueles relacionados ao desenvolvimento social e combate à fome foram importantes ferramentas de soft power utilizadas pela diplomacia brasileira, seja como política legitimada internacionalmente, seja como conhecimento a ser compartilhado via Cooperação Sul-Sul (CSS).

Continuar lendo

Aldeia indígena em Maricá preserva o idioma guarani

A Aldeia Mata Verde Bonita (Tekoa Ka’ Aguy Ovy Porã), visitada pela equipe do UNIC Rio, é uma das oito comunidades guaranis no estado do Rio, onde moram 73 pessoas em uma área de proteção ambiental com mais de 90 hectares. Sua língua materna é a variedade mbya do guarani, um idioma indígena do tronco tupi-guarani, falado por milhares de indígenas do Centro-Oeste ao Sul do Brasil e em países vizinhos, como Bolívia e Paraguai. Saiba mais em http://bit.ly/2wtD5CC. #SomosIndígenas

Fonte: ONU Brasil

Brasil rejeita declaração de independência da Catalunha, diz Itamaraty

1505056982_208144_1505176429_noticia_normal

SÃO PAULO (Reuters) – O Ministério das Relações Exteriores anunciou neste sábado que rejeita a declaração de independência da Catalunha, de acordo com notícia da Agência Brasil.

Em nota, o Itamaraty pede respeito à Constituição da Espanha e informa que o governo brasileiro acompanha com atenção os desdobramentos relativos à região, segundo a agência oficial.

O governo brasileiro “reitera seu chamado ao diálogo com base no pleno respeito à legalidade constitucional e na preservação da unidade do Reino da Espanha”.

Na sexta-feira, parlamentares catalães declararam a independência da região. Em resposta, neste sábado, o presidente da Espanha, Mariano Rajoy, delegou à sua vice-presidente as funções e competências de chefe do Executivo da Catalunha no lugar do líder catalão Carles Puigdemont.

Fonte: Reuters