Especialista explica como banco do BRICS incentivará inovações em países da Ásia-Pacífico

4161950

03/07/17

Países de diferentes tamanhos e níveis de desenvolvimento vão aderir ao Novo Banco de Desenvolvimento do BRICS até o ano de 2021, ampliando a geografia da entidade financeira até todas as regiões do mundo, porém, o processo se efetuará em várias etapas, frisa o documento estratégico para os próximos 5 anos aprovado em 30 de junho.

A respectiva estratégia foi adotada em 30 de junho, traçando as perspectivas de desenvolvimento para o período entre 2017 e 2021.

 

Continuar lendo

O que o BRICS está pensando? Entidade divulga comunicado conjunto

6228193

20/06/17

Após reunião de dois dias em Pequim, os ministros das Relações Exteriores do BRICS – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – divulgaram um comunicado conjunto sobre as análises e deliberações do bloco. A Sputnik traz alguns dos pontos mais relevantes do documento.

 

Organização das Nações Unidas (ONU)

A necessidade de reformar a ONU, assim como seu conselho de segurança, foi reafirmada pela publicação, para torná-lo “mais representativo, efetivo e eficiente”. O bloco entende que os países em desenvolvimento devem ter sua representação aumentada.

Continuar lendo

Índia quer sediar Olimpíada de 2032 e Jogos Asiáticos de 2030, diz associação

Akshardham-temple

Akshardham Temple

21/06/17

Por Sudipto Ganguly

MUMBAI (Reuters) – A Associação Olímpica da Índia (IOA, na sigla em inglês) pediu permissão ao governo para entrar na disputa para sediar a Olimpíada de 2032 e os Jogos Asiáticos de 2030, como parte da iniciativa para colocar o país no cerne da comunidade esportiva internacional, disse o presidente da IOA, N. Ramachandran, à Reuters.

Ramachandran disse que a IOA também quer que a Índia sedie os Jogos de Praia Asiáticos de 2020, o Conselho Olímpico da Assembleia-Geral da Ásia no mesmo ano e a sessão do Comitê Olímpico Internacional (COI) em 2021.

Continuar lendo

Venezuela: não há solução sem Pequim

1497316118_825241_1497316484_noticia_normal_recorte1

Manifestante nos protestos de 12 de junho em Caracas. MIGUEL GUTIÉRREZ (EFE)

12/06/17

O Governo chinês se tornou mais pragmático nos últimos anos quando ditadores amigos começaram a desmoronar

Depois de anos de tentativas frustradas, fica evidente que atores regionais não têm a capacidade de ajudar a Venezuela a sair do fundo do poço. A crise política no país é mais profunda e complexa hoje do que em 2003, quando o grupo “Amigos da Venezuela”, composto por vários países latino-americanos, foi crucial para restabelecer o diálogo entre o governo e a oposição. Além disso, o vácuo de poder na América do Sul, acima de tudo devido à instabilidade política no Brasil, torna qualquer estratégia coordenada implausível.

Continuar lendo

Chefe da ONU nomeia diplomata russo para liderar combate ao terrorismo

21/06/17

Por Michelle Nichols e Shadia Nasralla

NAÇÕES UNIDAS/VIENA (Reuters) – O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, nomeou nesta quarta-feira um diplomata russo para liderar o recém-criado escritório de combate ao terrorismo da ONU, dando a um representante de Moscou importante cargo na sede da organização em Nova York.

O embaixador russo para organizações internacionais em Viena, Vladimir Voronkov, disse à Reuters que encontrou com Guterres na terça-feira. A Reuters informou de maneira exclusiva sobre a nomeação mais cedo nesta quarta-feira.

Continuar lendo

Les BRICS joueront un rôle plus important dans le développement de l’humanité

BEIJING, (Xinhua) – A un tournant historique, les pays des BRICS ont été récemment occupés à préparer la voie pour ouvrir leur deuxième décennie.

Les BRICS joueront un rôle plus important dans le développement de l’humanité

Après la clôture du 8 juin du Forum des médias des BRICS, qui a appelé à élargir la coopération entre les médias et à renforcer la compréhension du public, les pays des BRICS ont eu une autre réunion des ministres des Affaires étrangères lundi à Beijing.

Au cours de la réunion, les ministres des AE ont applaudi aux résultats conjointement obtenus par les pays des BRICS, réitéré leurs valeurs partagées sur des questions telles que la mondialisation économique, le changement climatique et la lutte contre le terrorisme, et exprimé l’espoir de promouvoir la coopération entre les pays.

Lors de sa rencontre avec les chefs des délégations, le président chinois Xi Jinping a fait l’éloge des BRICS et de leur mécanisme de coopération.

« La coopération au sein des BRICS est une innovation, qui transcende le schéma traditionnel d’alliances politique et militaire et vise les partenariats plutôt que des alliances », a noté M. Xi.

« Elle dépasse l’ancienne mentalité d’un jeu à somme nulle et pratique un nouveau concept de bénéfices mutuels et de coopération gagnant-gagnant », a-t-il poursuivi.

Continuar lendo

Corte Europeia de Direitos Humanos rejeita lei russa contra “propaganda gay”

RUSSIA-GAY-RIGHTS-PROTEST

20/06/17

Por Elizabeth Miles e Katya Golubkova

ESTRASBURGO/MOSCOU (Reuters) – A Corte Europeia de Direitos Humanos (CEDH) determinou nesta terça-feira que uma lei da Rússia que proíbe a promoção da homossexualidade viola regras de tratados europeus sobre a liberdade de expressão e discrimina os gays.

Três ativistas gays russos iniciaram uma ação contra a legislação federal de 2013, conhecida amplamente como lei anti-propaganda gay, depois de serem multados por portarem cartazes incentivando a aceitação da homossexualidade entre 2009 e 2012.

Continuar lendo