COP 23 e o Brasil: Espaço Brasil, boas práticas e recaídas no percurso

climate-change-1908381_960_720

Publicado originalmente em 14/11/17

Dos dias 6 a 17 de novembro, a cidade de Bonn, na Alemanha, é a sede do clima em 2017. A 23ª Conferencia das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP 23) tem o objetivo de avançar na implementação do Acordo de Paris e aborda principalmente a questão da mobilidade humana e mudança climática, destacando-se o crescente deslocamento de pessoas relacionado às mudanças climáticas e a criação de um status de “refugiado do clima”, assim como a redução dos gases de efeito estufa e os meios para implementar o pacto firmado em 2015, em Paris.

A COP 23 conta com a representação de Governos estaduais e federal. Nove Estados que compõem a Amazônia Legal Brasileira participam do evento, com o intuito de debater a cooperação e o financiamento internacional para a proteção das florestas, a promoção do desenvolvimento sustentável na região amazônica e o enfrentamento da mudança climática.

Continuar lendo

Anúncios

Superávit da Alemanha pode chegar a 14 bi de euros, diz revista

DL_a01013589

Publicado originalmente em 28/10/17

BERLIM (Reuters) – A Alemanha pode registrar um superávit orçamentário de 14 bilhões de euros em 2017, relatou uma revista neste sábado, dando mais espaço de negociação para o bloco conservador da chanceler Angela Merkel, conforme busca forjar uma nova coalizão com o Partido Democrático Liberal e o Partido Verde.

Crescimento econômico sólido e crescente arrecadação impulsionaram a nova projeção, relatou a Der Spiegel.

Continuar lendo

Le gazoduc Nord Stream 2 sera construit à temps, malgré les sanctions US

La construction de Nord Stream 2 ne sera pas affectée par les sanctions antirusses des États-Unis et le gazoduc sera mis en place dans les délais prévus, a déclaré le ministre russe de l’Énergie Alexandre Novak.

Le ministre russe de l’Énergie, Alexandre Novak, a affirmé que les sanctions américaines n’influenceraient en rien les travaux de construction du gazoduc Nord Stream 2.

Le gazoduc Nord Stream 2 sera construit à temps, malgré les sanctions US

Continuar lendo

Berlin ne veut pas accepter les nouvelles sanctions US contre la Russie

«Nous n’acceptons en aucun cas une application extraterritoriale des sanctions américaines contre des entreprises européennes», a déclaré le ministère allemand des Affaires étrangères, commentant le projet de loi US portant sur de nouvelles sanctions antirusses.

https://i0.wp.com/obci.iscet.pt/wp-content/uploads/2014/06/EUA-UE-Acordo-de-Com%C3%A9rcio-Livre.jpg

L’Allemagne a vivement critiqué l’adoption par le Sénat américain du projet de loi portant sur de nouvelles sanctions antirusses car cette mesure impacterait aussi la partie allemande.

Continuar lendo

El País: G20 começa com choques entre manifestantes e polícia em Hamburgo

md-protesto-g20-black-bloc-2017-01

06/07/17

Polícia tenta dispersar com gás lacrimogêneo e canhões de água milhares de manifestantes

“Bem-vindo ao inferno.” Este é o lema da manifestação com que os grupos antissistema recebem nesta quinta-feira o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e os demais líderes do G20, os países mais industrializados do planeta, que aterrissaram durante o dia em Hamburgo, na Alemanha. A cidade natal da chanceler (primeira-ministra), Angela Merkel, anfitriã da cúpula, está hoje fortificada, envolta em arame farpado e repleta de barricadas. O ministro da Fazenda do Brasil, Henrique Meirelles, foi um dos que desembarcaram no país, já o presidente Michel Temer também estava a caminho de Hamburgo nesta quinta à tarde para participar da reunião.

O clima na cidade, porém, era de tensão. Milhares de manifestantes procedentes de toda a Europa se reuniram no centro da cidade para protagonizar a passeata mais temida, batizada como “G20 Welcome to Hell“. Muitos deles, vestidos de preto e de capuz, levaram um cubo de plástico gigante, também preto, em alusão ao movimento black bloc, de protestos antiglobalização. 

Continuar lendo

Parlamento alemão aprova casamento gay

cca39c9295d43b5649cf675dc3e66f6f

30/06/17

Em votação histórica, Merkel vota contra legalização do matrimônio homoafetivo, mas diz esperar que aprovação traga coesão social. Nova legislação permite também que casais do mesmo sexo adotem uma criança.

O Bundestag (Parlamento alemão) aprovou o casamento gay nesta sexta-feira (30/06). Em votação histórica, sobre o chamado “casamento para todos”, 393 parlamentares votaram a favor da legalização, e 226, contra. Houve quatro abstenções.

Continuar lendo

El País: Merkel afaga Argentina em giro na América Latina que exclui Brasil

1496920021_735838_1496934986_noticia_normal_recorte1

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, recebe na Casa Rosada a chanceler alemã, Angela Merkel.

08/06/2017

Chanceler alemã e Macri se unem contra Trump e por livre comércio às vésperas de troca no G20

Já é uma constante em seu primeiro ano e meio de mandato: Mauricio Macri recebe notícias muito melhores do exterior do que de sua terra. Aplaudido pelos países centrais, que agradecem por ter acabado com 13 anos de kirchnerismo, o presidente argentino recebeu a visita que faltava para fechar o círculo do retorno de seu país ao eixo central das relações internacionais: a chanceler alemã Angela Merkel chegou a Buenos Aires com a intenção de fortalecer as relações, mostrar seu apoio a Macri e passar o bastão do G-20, do qual foi a anfitriã este ano e que em 2018 acontecerá na Argentina. Merkel passará ainda pelo México, também membro do G20, mas o Brasil, outro país latino-americano do grupo e em profunda crise doméstica, não foi incluído no périplo.

Continuar lendo