Governo brasileiro e ONU repudiam atentado na Finlândia

Dois mortos e oito feridos em esfaqueamento em Turku

O governo brasileiro e a Organização das Nações Unidas (ONU) manifestaram-se hoje (19) sobre o atentado a faca na cidade finlandesa de Turku, que deixou dois mortos e oito feridos. Em nota, o Itamaraty repudiou o ataque e solidarizou-se com as famílias atingidas e os cidadãos finlandeses. A ONU também expressou repúdio e deu “sinceras condolências” à Finlândia. Continuar lendo

Anúncios

Austrália decidirá legalização do casamento gay por voto postal

Postado originalmente – 09/08/2017

A Austrália decidirá a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo por meio de uma votação pelo Correio. Nesta quarta-feira (data local), o Senado rejeitou proposta para convocar uma consulta popular sobre a matéria. A informação é da Agência EFE. Continuar lendo

Vinte e um anos da CPLP

Postado originalmente – 17/07/2017

O governo brasileiro celebra com os governos e os povos dos demais Estados membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) o vigésimo primeiro aniversário da nossa Comunidade. Continuar lendo

Brasil necesita combatir desigualdades regionales para cumplir los ODS

Rio de Janeiro - Quilombo Sacopã, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Justiça penhora bens da comunidade quilombola em um processo tramitado por 30 anos na justiça. (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Postado originalmente – 29/07/2017

Brasil necesita priorizar el combate a las desigualdades regionales si quiere alcanzar las metas de los Objetivos de Desarrollo Sostenible (ODS) para 2030 vinculados directamente al niño y al adolescente, indica un estudio preliminar divulgado el martes (25) por la Fundación Abrinq, en Río de Janeiro. Continuar lendo

Israel pede pena de morte para palestino que assassinou três colonos

Masked gunmen attend a press conference while Abu Thaer (not pictured) a Palestinian spokesman of the Al-Aqsa Brigades the military wing of the Palestinian president Mahmoud Abbas movement Fatah, speaks to the media in Gaza City on February 4, 2008

Postado originalmente – 27/07/2017

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, pediu hoje (27) a pena de morte para o palestino de 20 anos que no último dia 21 assassinou três membros de uma mesma família judia em um colônia israelense da Cisjordânia. A informação é da agência EFE. Continuar lendo

Lava Jato é “imparável”, diz ministro da Justiça nos EUA

Postado originalmente – 19/07/2017

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, disse hoje (19) em Washington, durante uma palestra no Woodrow Wilson Center, que a Operação Lava Jato é “imparável”. Numa palestra sobre Independência e Harmonia entre os Poderes, Jardim  classificou a operação da Polícia Federal como “um ganho para a sociedade brasileira”.

O ministro falou sobre as divisões de competências e de recursos nos âmbitos federal e estadual no Brasil e afirmou que, com a atual restrição fiscal em todos os níveis do governo, muitas vezes é preciso priorizar uma ou outra política pública. Questionado sobre a regularização da emissão de passaportes pela Polícia Federal, o ministro disse que isso deve acontecer em breve.

Ontem (18), Jardim se reuniu com o diretor da Agência de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos dos EUA e assinou um acordo de cooperação para o rastreamento de armas roubadas que entram no Brasil. “Com a pacificação da Colômbia, armas pesadíssimas roubadas nos Estados Unidos começam a entrar no Brasil, e, pela lei americana, eles têm a obrigação de tentar encontrar essa arma onde ela estiver no mundo. Faz parte do objetivo maior da nossa viagem buscar tecnologia no âmbito de segurança pública”, afirmou.

O ministro da Justiça e Segurança Pública deve ainda ter reuniões na Agência Internacional para Narcóticos e Aplicação da Lei, do Departamento de Estado dos EUA, e com o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, com quem conversará sobre a integração com os países que fazem fronteira com o Brasil.

“Vamos fazer um convite para que os países membros [da OEA] mandem seus agentes de segurança e policiais especializados no combate a drogas e armas para estudar no Brasil e fazer um treinamento na Polícia Federal, que tem uma academia bem instalada e competente, para que haja uma comunhão de treinamento”, disse Jardim.

Ele deve se encontrar também com o secretário de Justiça norte-americano, Jeff Sessions, com quem conversará sobre o tema da integração dos órgãos do Ministério da Justiça: Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Nacional de Segurança Pública [responsável pela gestão da Força Nacional], Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas e Departamento Penitenciário Nacional. “Antes de pensar em concurso público e em contratar mais funcionários, vamos pensar em integrar a todos”, disse o ministro da Justiça.

Fonte: Agência Brasil

No Brasil, milhares de venezuelanos votam em plebiscito sobre Constituinte

Postado originalmente – 16/07/17Mulher vota em plebiscito convocado pela oposição contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, neste domingo (16)  (Foto: Juan Barreto / AFP )

Milhares de venezuelanos votaram hoje (16) em cidades brasileiras na consulta popular promovida pela oposição para manifestar rejeição à Assembleia Constituinte proposta pelo governo de Nicolás Maduro. As informações são da Agência EFE.

A maior participação foi em Roraima, onde cerca de 30 mil venezuelanos chegaram nos últimos meses, depois de abandonar seu país por conta da grave crise econômica e da severa escassez de produtos básicos. Conforme dados oficiais, a quantidade de pedido de refúgio apresentado por cidadãos venezuelanos disparou e, nos primeiros seis meses deste ano, chegou a quase 6 mil, frente aos 3.375 registrados ao longo de todo o ano passado.

Em Roraima, as mesas para a consulta foram instaladas principalmente em Boa Vista, onde organizações de assistência têm diversos programas de ajuda aos venezuelanos. Também foram habilitados locais de votação em Brasília, Curitiba, Goiânia, Manaus, Porto Alegre, Recife, Belém, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo.

Em Brasília, o local escolhido para os venezuelanos manifestaram sua opinião à Assembleia Constituinte foi o Parque da Cidade, onde os opositores de Maduro também receberam o apoio de brasileiros. Já no Rio, a votação aconteceu na Lagoa Rodrigo de Freitas.

O plebiscito da oposição acontece sem a aprovação da Justiça Eleitoral do país e quer saber a opinião dos venezuelanos sobre a Constituição promovida pelo presidente Nicolás Maduro. A consulta foi apoiada por comunidades de venezuelanos no exterior, que para hoje anunciaram mobilizações em quase 80 países.

Este processo acontece paralelamente a uma simulação eleitoral convocada pela CNE como teste para a Constituinte marcada para o dia 30.

Fonte: Agência Brasil