A CONQUISTA DA AMAZÔNIA – EDUARDO BUENO


 

A conquista da Amazônia foi um dos maiores épicos do Novo Mundo no século 16. Mas, depois dela, a qual Coroa europeia uma das regiões mais ricas em biodiversidade (e mistérios) do mundo passou afinal a pertencer? A Portugal e depois ao Brasil dirá você? Ora, ora, caro amigo, nem sempre foi assim. Venha conhecer o ponto crucial da história da Amazônia a partir do qual ela começou a “falar português” e a pertencer ao Brasil, ficando sob os cuidados de nossos digníssimos governantes. Tudo isso em mais um episódio dessa série amazônica que não vai cair no Enem. Ah, chega a dar saudade de Vicente Pinzón… — Torne-se membro do canal Buenas Ideias – http://bit.ly/membroBI Publicidade, palestras e informações sobre a peça Não Vai Cair no ENEM. buenasideias@flocks.tv Vídeos inéditos novos toda quarta e domingo, às 11h. Acompanhe a página do Buenas Ideias em facebook.com/buenasideias/ E siga o canal também no Twitter/Instagram @buenasideias Bibliografia: “Novo Descobrimento do Grande Rio das Amazonas” – Cristóbal Acunã – Editora Agir “Da Feliz Lusitânia aos Confins da Amazónia” – Lucinda Saragoça – Editora Cosmos “Pedro Teixeira , a Amazônia e o Tratado de Madri” – Sérgio Moreira Lima – Fundação A. Gusmão “Pedro Teixeira e a Conquista da Amazônia” – Antonio Neto Guerreiro – editora do autor “Brasil, Uma história” – Eduardo Bueno – Editora Leya Músicas: Hino do Amazonas Mucuripe – José Colucci Jr & Zé Brás Pro Dia Nascer Feliz – Cazuza Ficha técnica: Roteiro e apresentação: Eduardo Bueno Produção: Letícia Pacheco Câmera: Victor Ciriaco e Nando Chagas Áudio: Estúdio Overloud Edição: Victor Luiz Legenda: Lízia Bueno Direção de Conteúdo: Eduardo Bueno Produção Executiva: Flocks http://www.flocks.tv

Publicado em Relações Internacionais por Luiz Albuquerque. Marque Link Permanente.

Sobre Luiz Albuquerque

O Núcleo de Estudos sobre Cooperação e Conflitos Internacionais (NECCINT) da Universidade Federal de Ouro Preto , sob a coordenação do professor Luiz Albuquerque, criou o Observatório de Relações Internacionais para servir como banco de dados e plataforma de pesquisas sobre relações internacionais e direito internacional . O site alimenta nosso trabalho de análise de conjunturas, instrumentaliza nossas pesquisas acadêmicas e disponibiliza material para capacitação profissional. Mas, além de nos servir como ferramenta de trabalho, este site também contribui para a democratização da informação e a promoção do debate acadêmico via internet.

Comente esta notícia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s