Vinte e um anos da CPLP


Postado originalmente – 17/07/2017

O governo brasileiro celebra com os governos e os povos dos demais Estados membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) o vigésimo primeiro aniversário da nossa Comunidade.

O Brasil, que ocupa a presidência de turno do organismo pelo biênio 2016-2018, reitera seu compromisso de contribuir para que a Comunidade continue cumprindo seu importante mandato de concertação política, cooperação multissetorial e promoção e difusão da língua portuguesa.

A data de hoje marca também o início das reuniões preparatórias para a XXII Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da CPLP, a realizar-se no próximo dia 20, no Palácio Itamaraty, em Brasília.

No encontro, os chanceleres da CPLP discutirão a implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável em seus países e aprovarão resolução sobre a Nova Visão Estratégica da CPLP, documento que sistematiza as prioridades a guiarem a ação da Comunidade pelos próximos dez anos. Os chanceleres discutirão também o aprofundamento da cooperação com os Observadores Associados da CPLP.

Ao longo dos últimos vinte e um anos, a CPLP logrou consolidar-se como plataforma de integração e interlocução entre os países de língua portuguesa e entre eles e o mundo, tendo-se tornado um organismo internacional com credibilidade junto à comunidade internacional. Para o Brasil, a CPLP é valioso espaço de diálogo político e oferece oportunidades para o desenvolvimento da cooperação sul-sul e para a contínua valorização de nossa língua comum no cenário mundial.

SOBRE A CPLP E A PRESIDÊNCIA BRASILEIRA

Estabelecida em 17 de julho de 1996, a CPLP conta hoje com nove Estados membros: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. A população de seus países membros soma aproximadamente 270 milhões de pessoas.

A CPLP conta com dez Observadores Associados em quatro continentes: Geórgia, Hungria, Japão, Maurício, Namíbia, República Eslovaca, República Tcheca, Senegal, Turquia e Uruguai. O crescente número de países observadores é reflexo positivo do amadurecimento da CPLP.

O Brasil ocupa a presidência de turno da CPLP desde a XI cúpula da organização, realizada em Brasília em 31 de outubro e 1º de novembro de 2016. O tema da presidência brasileira é “A CPLP e a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”.

Fonte: Itamaraty

Anúncios

Comente esta notícia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s