Mundo precisa mudar fornecimento e uso de energia para atingir meta


Postado por Felipe Poli Rodrigues em 15/05/2017

Postado Originalmente em 15/05/2017

Alerta é da Agência ONU Ambiente; 25 mil milhões de toneladas de emissões de gases que causam o efeito estufa e 17 milhões de toneladas de partículas ser evitadas com a ajuda de tecnologias de baixo carbono e eficientes.

Unep

A Agência ONU Ambiente, com sede em Nairobi, no Quénia, alerta para uma mudança radical na forma em que a energia é fornecida e consumida.

Em comunicado, o Pnuma afirmou que as tecnologias de baixo carbono e ar limpo podem ajudar a economizar água e diminuir o uso do solo.

Gestão

Por exemplo: 25 mil milhões de emissões de gases que causam o efeito estufa e 17 milhões de partículas poderiam ser evitadas com estas novas tecnologias.

Ao adotar as medidas, o mundo estará no caminho certo para atingir a meta de manter abaixo de 2º Celsius a temperatura global.

O Painel Internacional de Recursos, um grupo de especialistas em gestão de recursos, que é albergado pelo Pnuma, forneceu uma avaliação global dos benefícios, riscos e contrapartidas que surgem quando as tecnologias eficientes são aplicadas ao fornecimento de eletricidade de baixo carbono.

Em seu mais recente relatório “Escolhas de Energia Verde: As implicações de recursos e ambientais das tecnologias de baixo carbono, o painel examina oito tecnologias eficientes através de edifícios, transporte e indústria.

Saúde

O estudo revela que enquanto existem benefícios claros do uso dessas tecnologias, especialmente em reduções da emissões de dióxido de carbono, poluição do ar e uso da água, deve haver também considerações que precisam ser feitas, como o aumento no uso de metais.

O diretor do Pnuma, Erik Solheim, afirmou que o mundo está no caminho certo, e que a limpeza do ar leva a mais benefícios à saúde humana e ambiental para reduzir os danos ao ambiente.

Dentre as conclusões do estudo estão:

Tecnologias de baixo carbono ajudam a aliviar a pressão sobre o solo e a água, mas podem aumentar pressão sobre recursos de metais; mais de 200 mil milhões de metros cúbicos de água por ano e quase 150 mil km2 de ocupação do solo poderiam ser economizados até 2050.

Até 2050, 90% de penetração de lâmpada LED com as melhorias de eficiência e geração de energia livre de carbono poderiam permitir o crescimento de até 3 vezes da demanda global por iluminação, ao mesmo tempo em que se reduz a quantidade total da energia consumida.

As tecnologias de revestimento de edifícios analisadas no relatório poderiam ajudar a reduzir o ciclo de emissões de gases que causam o efeito estufa advindas de aquecimento e refrigeração de 30% a 50%.

Fonte: Rádio ONU

Anúncios

4 respostas em “Mundo precisa mudar fornecimento e uso de energia para atingir meta

  1. Não é nenhum segredo ou novidade que a forma como geramos e fornecemos a energia tão necessária para o desenvolvimento e a sobrevivência humana é extremamente nociva para o planeta. De ecologistas extremamente radicais no início dos anos 90 aos ecologistas que buscam um desenvolvimento sustentável atualmente é impossível negar que os problemas ecológicos continuam os mesmo se não piores.
    Porém o mais importante nessa jornada é a busca de soluções ou melhoramentos que possam reduzir a poluição no planeta. É isso que o trabalho “ Escolhas de Energia Verde: As implicações de recursos e ambientais das tecnologias de baixo carbono, o painel examina oito tecnologias eficientes através de edifícios, transporte e indústria. ”busca mostrar.
    As técnicas de diminuição de gases poluentes, mesmo com o uso de metais são um grande avanço para a saúde humana e para o meio-ambiente. Além disso essas medidas de baixo carbono e ar limpo podem ajudar a economizar água e diminuir o uso do solo. E por fim o estudo afirma que esse com essas atitudes o ser humano está no caminho certo contra o aquecimento global.
    Roana Daphne Xavier de Carvalho

  2. É fato que dês da primeira revolução industrial as principais potencias econômicas do mundo vem transformando matéria prima em produtos de consumo que visam ao lucro máximo. Contudo, como apresentado na matéria acima, o contingente de poluição lançada ao meio ambiente nesse processo de transformação nos faz perguntar o motivo e até que ponto vale a pena tamanha agressão ao meio.
    Mas por outro lado não podemos ser hipócritas a ponto de condenar totalmente tal interferência, afinal muitos dos produtos e serviços utilizados pela população mundial sofreu algum tipo de transformação que pode ter ocasionado danos à natureza. Todavia, é claro, deixando um pouco de lado a lógica de mercado capitalista, o mundo deve sim tomar atitudes limpas para com o meio. E levando em consideração o atual progresso tecnológico, é fato que já existem novos e mais limpos processos principalmente de obtenção de energia.
    Voltando a analisar a competição econômica entre as principais potencias, é fácil perceber outro problema que diz respeito a difícil negociação entre as partes. Países como EUA e China se recusam a assinar tratados que os obrigariam a diminuir suas taxas de poluição pois alegam que novas práticas de produção atrasariam e até mesmo tendem a diminuir as “trocas comerciais”.

  3. todos sabemos que a fonte solar possui o maior potencial de geração de todas as outras fontes juntas, renováveis ou não. Só para se ter uma ideia, a radiação solar que atinge a terra em um dia seria capaz de alimentar nosso consumo elétrico por um ano inteiro.
    Por esse e outros motivos é que a grande maioria dos países do mundo inteiro estão apostando cada vez mais no uso da energia solar, visando assim suprir as suas demandas energéticas com uma fonte limpa e renovável.
    Alguns desses países, inclusive, por terem feitos altos investimentos e agora possuírem setores tão avançados, estão inclusive apresentando um excesso dessa geração, fazendo com que os preços da energia elétrica fiquem negativos em algumas épocas do ano.

  4. Estamos cansados de saber que a queima de carvão para que se consiga o fornecimento de energia é um meio bastante prejudicial à saúde do planeta, a emissão de gases são temas de conferências em todo mundo é esta mais do que claro que se continuarmos do jeito que está, não teremos onde viver daqui alguns anos.
    A utilização de energias renováveis é a melhor opção para findar esses problemas, o uso de energia solar, energia éolica, mesmo sendo um pouco mais caro para a sua implantação e manutenção, a longo prazo será bastante benéfica pensando em escala global.

Comente esta notícia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s