O que o brasileiro pensa sobre meio ambiente


Publicado em 16/07/2016 por Felipe Poli Rodrigues

conservacaoambientalshutterstock_287860979-630x315

Postado Originalmente: 14/07/2016

Questões ambientais e de sustentabilidade estão na pauta do cotidiano. No entanto, é preciso saber o que as pessoas pensam sobre meio ambiente e como reagem a questões que estão cada vez mais presentes no dia a dia.

O instituto de pesquisa Market Analysisdedicado ao estudo de temas como responsabilidade social, sustentabilidade e consumo consciente elaborou uma pesquisa detalhada para saber qual a percepção dos desafios ambientais e como as pessoas reagem.

Tecnologias para ajudar a ter um estilo de vida sustentável e diminuir o impacto ambiental já são parte deste contexto, assim como a preocupação crescente das instituições sociais e governamentais nesta área de atuação. Mas o que pensa o brasileiro desde uma perspectiva individual sobre estas iniciativas? Existe consciência ambiental na sociedade?

A pesquisa “Entendendo o Contexto da Opinião Ambiental”, divulgada esta semana pelo Instituto Market Analysis mostra que temas como Poluição de rios, lagos e oceanos, Poluição do ar em geral, Escassez de água potável, As emissões de gases dos automóveis, Mudanças climáticas/aquecimento global e A diminuição dos recursos naturais são considerados de extrema gravidade por mais de 90% dos entrevistados. No entanto as reações em relação às soluções ainda são bastante díspares, com uma parte das pessoas considerando que a inovação tecnológica vai ajudar a superar essas questões, enquanto outra parte acredita que é necessária uma mudança de comportamento.

Outro dado interessante é sobre os atores que podem ajudar a resolver os problemas. A maior parte das pessoas não acredita que governos possam solucionar essas questões e colocam uma maior confiança em organizações sociais e empresas.

Leia aqui a íntegra da pesquisa: Entendendo o Contexto da Opinião Ambiental.

Fonte:Envolverde

Anúncios

7 respostas em “O que o brasileiro pensa sobre meio ambiente

  1. O texto mostra uma visão pessimista da sociedade sobre o meio ambiente que reconhece os problemas atuais (até porque eles são extremamente visíveis e comprovados cientificamente ) mas acredita que esse problemas podem ter soluções a longo prazo ,a parte suprendente do texto é o descrédito do estado quanto às pessoas que acreditam mais na iniciativa privada para resolver esses problemas .Ao que me parece as pessoas hoje confiam mais em parcerias empresariais,nos avanços tecnológico e na coerção direta do mercado do que em tratados internacionais.

  2. O capitalismo desenfreado foi o que mais prejudicou o meio ambiente nos últimos 50 anos. A produção em massa, o excesso de lixo, a despeja de resíduos industriais em locais inapropriados é o que mais polui e prejudica a fauna e a flora.
    Analisando as pesquisas observa-se que o brasileiro acredita que a tecnologia pode ajudar a conter a poluição, mas na realidade ela é o que mais polui.
    Para que haja uma melhora no meio ambiente é necessária uma mudança cultural, com programas educativos para que fomente a consciência de se preservar o ambiente, reciclando o lixo, incentivando ao uso de meios de transportes coletivos, diminuindo o consumo de plásticos e evitando o desperdício desnecessário.
    A população em geral deve se mobilizar e pensar em soluções para este problema que se agrava cada vez mais, só nós podemos impedir a degradação do nosso bem mais importante, a natureza.

  3. Durante décadas o mundo encontra-se em uma constante corrida em busca do crescimento econômico/tecnológico. Para se alcançar tal crescimento os países não levaram em conta a preocupação com o meio ambiente, essa é recente e ainda mínima, em vista do dano já causado para esse.
    O mundo capitalista tem como prioridade o desenvolvimento, utilizando-se de fontes e recursos naturais que acreditavam ser inesgotáveis, porém após anos de exploração do meio ambiente hoje enfrentamos a escassez de muitos recursos, a extinção de várias espécies e até mesmo a mudança climática mundial.
    A preocupação com o meio ambiente ainda é mínima, visto que o dano causado para esse é imensurável. É necessário uma grande conscientização de toda população mundial de cuidado, preservação, reposição e consumo consciente, tendo tem vista não só preservar os recursos e sim a biodiversidade e o meio como um todo.
    O meio ambiente é matéria de extrema importância para o campo da nossa existência e algo que deveria ser mais bem protegido e regulamentado pelo direito.

  4. A sociedade Brasileira ainda tem muito o que desenvolver em relação ao pensamento sobre meio ambiente. Grande parte da sociedade entende jogar lixo no chão como um ato natural e pratico enquanto o mínimo que é jogar lixo no lixo não melhorar fica difícil depositar esperanças nesta sociedade. Relacionar artistas a sustentabilidade pode ter grande mudança positiva para os Brasileiros devido a grande influência que estes artistas demonstram sobre a sociedade ditando sobre assuntos como moda, beleza, nada mais justo que ditarem algo de extrema relevância que é o meio ambiente.

  5. A questão ambiental ainda é bastante distante do dia a dia da maioria dos brasileiros. A meu ver, as campanhas de conscientização aumentaram consideravelmente, principalmente com a sua difusão pelos meios tecnológicos, mas os resultados práticos ainda parecem pequenos comparados ao tamanho da necessidade. Talvez uma solução boa seja a obrigatoriedade, desde a escola básica, do ensino de matérias relacionadas ao meio ambiente, pois assim o ser humano passa a ser educado desde novo quanto à importância da preservação. Digo isso porque, na prática, é pouco perceptível a mudança de comportamentos do jovem-adulto que precisa se policiar para evitar que pratique atos de poluição nas pequenas coisas diárias. Além disso, o papel das empresas é bastante relevante, tendo em vista o impacto econômico e social que elas eclodem, inclusive a forte influência de comportamento. Acredito que o comodismo seja o maior mal das nossas gerações que se acostumam facilmente com os benefícios da tecnologia e se esquecem dos impactos causados por esta, deixando de lado a necessidade de buscar um equilíbrio entre o avanço tecnológico e os impactos ambientais. O descarte de materiais eletrônicos é um exemplo clássico que comprova o desinteresse social com a “Mãe Terra”, neste sentido podemos citar a prática da reciclagem, ainda pouco efetiva em nossa sociedade.

  6. “O que o brasileiro pensa sobre o meio ambiente? “. O título dessa matéria me chamou bastante atenção e ao lê-lo, me propus a pensar em uma resposta. O Brasil é um dos países com maior abundância de fauna, flora, recurso hídricos, minerais, etc. No entanto, também é um dos países com maior índice de desmatamento, poluição, erosão, etc. Diante dessa dicotomia, nos vem novamente a indagação inicial desse texto. A meu ver, o brasileiro pensa que o meio ambiente é algo eterno, do qual podemos tirar proveito sem a menor preocupação e sem o menor receio de que um dia possa se esvair. Penso que, os brasileiros, em sua grande maioria, não têm medo do futuro, não têm medo da escassez, pois são pessoas imediatistas. Hoje em dia, após séculos de exploração do meio ambiente, há o princípio de uma identidade preservacionista, uma luz no fim do túnel e um certo receio de que se não fizermos nada para proteger tudo o que o meio ambiente nos proporciona, agora, não teremos mais nada no amanhã e, talvez, nem mais existamos.
    Políticas internas, externas, nacionais e internacionais devem ser mais eficazes. Não no âmbito da ideologia. Creio que as medidas que vêm sendo tomadas, as leis que vêm sendo criadas tem todo um viés possível e maravilhoso. Mas, temos que coloca em prática essas medidas. Colocar em prática no dia-dia de cada pessoa, de cada empresa, de cada ser vivo. Se houver fiscalização das medidas, adesão da população e o enraizamento da conscientização sobre cuidar do que temos para que exista depois, aí sim poderemos dormir tranquilos e daqui a alguns anos, perguntar novamente ao brasileiro, o que ele pensa sobre o meio ambiente.

  7. O artigo em discussão é de suma importância. A questão de preservação ambiental ainda é distante da realidade de muitos brasileiros, apesar de aumentos em campanhas neste assunto.
    A necessidade de preservação do meio ambiente é tamanha, contudo o que percebemos é que a poluição continua sendo tamanha.
    Além de campanhas ambientais, seria interessante que na educação escolar básica, já iniciasse disciplinas que fossem a respeito da preservação ambiental, bem como no ensino médio disciplinas que contemplassem sobre o direito ambiental. Tal iniciativa, proporcionaria uma maior abrangência do assunto dentro da sociedade, e com isso maior conscientização.
    As empresas possuem grande destaque no que tange a poluição do meio ambiente. O descarte de materiais eletrônicos de forma indevida é um exemplo clássico que comprova o desinteresse social com o meio ambiente.
    Por fim, como forma de preservação ambiental, podemos citar a prática da reciclagem, ainda pouco efetiva em nossa sociedade, mas que deveria ser aplicada de maneira efetiva.

Comente esta notícia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s