Índia deve superar taxa de crescimento econômico chinesa


ISAPE

Nova previsão do Banco de Desenvolvimento Asiático prevê que a Índia supere a taxa de crescimento econômico chinesa já no período 2015-2016. Puxada por reformas estruturais e uma atitude promotora de investimentos pelo governo indiano, a economia do país deverá crescer 7,8% este ano e 8,2% no ano seguinte. Assim, a Índia cresceria mais rápido que a China nos anos que se seguem, tornando o país ainda mais interessante para investidores locais e estrangeiros.

Foto: Getty Images Foto: Getty Images

Ver o post original

Publicado em Relações Internacionais por Luiz Albuquerque. Marque Link Permanente.

Sobre Luiz Albuquerque

O Núcleo de Estudos sobre Cooperação e Conflitos Internacionais (NECCINT) da Universidade Federal de Ouro Preto em parceria com as Faculdades Milton Campos, sob a coordenação do professor Luiz Albuquerque, criou o Observatório de Relações Internacionais para servir como banco de dados e plataforma de pesquisas sobre relações internacionais e direito internacional . O site alimenta nosso trabalho de análise de conjunturas, instrumentaliza nossas pesquisas acadêmicas e disponibiliza material para capacitação profissional. Mas, além de nos servir como ferramenta de trabalho, este site também contribui para a democratização da informação e a promoção do debate acadêmico via internet.

3 respostas em “Índia deve superar taxa de crescimento econômico chinesa

  1. Na contramão de seus parceiros do grupo Brics, a Índia não para de ter suas projeções de crescimento revistas para cima. A perspectiva, entre 2016 e 2018, é de que a Índia se torne o país do mundo com o ritmo mais acelerado de expansão do PIB, superando a China.
    Este ano, país deve crescer 6,3% e as previsões para 2016 são ainda melhores. O boom indiano vai ocorrer graças à diminuição do déficit fiscal e das contas externas, além do baixo preço do petróleo.
    O primeiro-ministro Modi já é considerado um herói nacional. Ele despertou uma onda otimista como a de Lula no Brasil, em 2002. Entretanto, ao contrário de Lula, que apostou no social, Modi é um nacionalista, liberal e tem apoio de grupos de direita.
    O cenário promissor, porém, contém um paradoxo: mais de 300 milhões de pessoas vivem com menos de 1 dólar ao dia. Quase metade os indianos não sabe ler nem escrever. O governo vem aplicando programas para melhorar a situação, como o Plano Nacional de Emprego Rural Garantido, que pretende beneficiar diretamente mais de 100 milhões de miseráveis.

  2. De fato, o desenvolvimento econômico indiano está entre um dos maiores do mundo atualmente, especialmente com relação ao crescimento do PIB. Isso reafirma a ruptura com a antiga divisão do mundo em países de 1º a 3º mundo. Trata-se de um país emergente que juntamente com o Brasil e a Coréia lideram o G-21 que é o grupo dos 21 países em desenvolvimento do mundo. Contudo, é possível constatar que o país é impedido de explorar sua potencialidade econômica de maneira plena, devido a sua defasada infraestrutura, a sua sobrecarregada burocracia, além de altas taxas de juros e uma dívida social elevada. Espera-se que o crescimento econômico traga consequentes melhoras no âmbito sociopolítico.

  3. O BRICS, grupo de países emergentes formado por Brasil, Russia, Índia, China e Africa do Sul, tem sido responsável por grande parte do crescimento econômico mundial nos últimos anos. A Índia, em especial, vêm se destacando e tendo um notório crescimento econômico, ultrapassando inclusive a poderosa economia chinesa.
    A economia indiana é bastante diversificada, marcada principalmente pelo setor de serviços e o setor agrícola. Apesar dos grandes avanços econômicos no país asiático, o povo indiano vive um intrigante contraste: o constante aumento da desigualdade social, aliado a um sistema de divisão de classes a partir de castas.
    É necessário olhar cuidadosamente para a situação indiana e refletir acerca de quais maneiras o crescimento econômico pode ser benéfico para a população como um todo, e não somente para uma parte restrita dela.

Comente esta notícia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s